Desinfeção dos cones de gutta-percha
: revisão da literatura

  • Pierfrancesco Pace (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Um dos objetivos do tratamento endodôntico consiste na desinfeção do sistema de canais radiculares de forma a que estes se encontrem livres de microrganismos no momento da obturação. O material de obturação mais utilizado é a Gutta-Percha (GP), que não pode ser submetida à esterilização por métodos térmicos sendo que podem ser alteradas as suas propriedades físico químicas. Tanto o canal radicular como a superfície dos cones de GP podem conter bactérias que podem influenciar o sucesso do tratamento endodôntico. Sendo assim os clínicos podem recorrer à pratica chairside para conseguir obter cones sem nenhuma forma de contaminação. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar possíveis meios de desinfeção. Foram efetuadas pesquisas nas bases de dados: Pubmed Web of Science e Cochrane em que foram selecionados 38 artigos em concordância aos critérios de inclusão e exclusão. Ainda foi realizado um ensaio do grau de contaminação dos cones de GP da Universidade Católica Portuguesa. Foram incubados 50 GP no meio de crescimento Nutrient Broth. O resultado foram 14 tubos com Turbidez, ou seja contaminação. De acordo com o estudo experimental executado concluiu-se que a desinfeção chairside è um processo aconselhado e que pode dar auxilio ao profissional sendo um método rápido e de baixo custo. Os resultados dos estudos encontrados revelaram que ainda não existe uma solução ideal mas o Hipoclorito de sódio (NaOCl) e a Clorexidina (CHX) conseguem ser soluções suficientemente seguras nessa pratica.
Data do prémio21 jul 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorRita Noites (Supervisor) & Miguel Cardoso (Co-Orientador)

Keywords

  • Gutta-Percha
  • Desinfeção
  • Esterilização
  • Descontaminação

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'