Diagnóstico radiológico em medicina dentária e alterações citogenéticas na mucosa oral
: revisão da literatura

  • Susana Manuela Félix Alonso (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Introdução: Durante a utilização das técnicas de diagnóstico radiológico em Medicina Dentária, a mucosa oral está diretamente exposta a radiação ionizante, um agente reconhecidamente mutagénico e cancerígeno. Objetivo: Averiguar a existência de uma eventual relação entre a utilização de técnicas de diagnóstico radiológico em medicina dentária e a ocorrência de alterações citogenéticas na mucosa oral. Material e métodos: Revisão sistemática realizada através da metodologia PRISMA, tendo por base os critérios PICO. A busca foi realizada nos bancos de dados PubMed e Web of Science, usando uma expressão de busca baseada nos seguintes termos MeSH: (Mouth mucosa) AND ((Chromosome Aberrations) OR (Cytogenetic Analysis) OR (Cytogenetics) OR (DNA damage) OR (Mutagenicity Tests)) AND ((Dental radiography) OR ((Dentistry) AND (Diagnostic imaging))). Resultados: Dos 246 registos obtidos através da pesquisa nos motores de busca, foram selecionados 30 artigos. A maior parte dos estudos envolveu o uso de Radiografia panorâmica (PAN) (63,3%), foi realizada em células esfoliadas da mucosa oral (50,0%) com amostragem antes (controlo) e após irradiação, maioritariamentea 10 dias (56,7%). Na larga maioria dos estudos (66,7%) procedeu-se a análise citológica com determinação da frequência de micronúcleos (MN) e de alterações nucleares degenerativas (picnose, cariólise e cariorrexia). Em todos os estudos, independentemente da técnica imagiológica radiográfica utilizada, a irradiação diagnóstica foi associada a aumentos significativos (p < 0,05) em pelo menos um dos parâmetros indicadores de citotoxicidade. A maioria de estudos considerados evidenciou ainda resultados positivos para genotoxicidade (46,7%). Na análise estratificada por técnica radiológica e por endpoint analisado, verificou-se uma maior frequência de resultados positivos para genotoxicidade em estudos envolvendo o uso de CBCT (23,3% vs 63,3% na radiografia panorâmica) e em estudos empregando o ensaio cometa (10,0% vs 86,7% na análise da frequência de MN). Conclusão: De acordo com os estudos incluídos nesta revisão sistemática, a utilização de técnicas de diagnóstico radiológico em medicina dentária está associada a alterações citotóxicas e, eventualmente, genotóxicas na mucosa oral. Considerando a frequência de utilização destas técnicas, são necessários mais estudos para confirmar uma eventual genotoxicidade das mesmas e o reforço de medidas que minimizem os efeitos deletérios destas técnicas de ampla utilização e utilidade clínica indiscutível.
Data do prémio13 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorLuís Santos (Supervisor), Maria José Correia (Co-Orientador) & Raquel Silva (Co-Orientador)

Keywords

  • Medicina Dentária
  • Técnicas de diagnóstico radiológico
  • Alterações citogenéticas
  • Mucosa oral

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'