Drag me away

  • Lilian Doyle Louzada de Mattos Dodebei (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Este relatório de projeto, apresentado para obter o título de mestre em cinema na Universidade Católica Portuguesa, se concentra na evolução da produção da arte abstrata. O objetivo é examinar as influências que deram origem ao início do movimento, sua evolução na pintura e posteriormente no cinema, e cruza a produção artística com o fim do modernismo e a passagem para o pós-modernismo, com base em TJ Clark e Fredric Jameson. O relatório também fala sobre como a produção abstrata tornou-se a linguagem principal do projeto da videoinstalação Drag Me Away e busca responder a duas principais questões: qual o lugar da arte abstrata atualmente e se é possível gerar ação a partir de obras abstratas. Os quatro capítulos deste relatório são Redução, Ponto de virada, Excesso e Drag Me Away. Redução apresenta uma seleção abrangente de nomes importantes, eventos e obras abstratas criados entre as décadas de 20 e 70 do século passado. Uma revisão do contexto cultural e político dos anos sessenta é apresentada no Ponto de virada. O excesso levará a reflexões sobre a sociedade hiperconectada, disponível e exausta e como esse novo contexto econômico-social afeta a produção e o consumo de imagens. O capítulo final, Drag Me Away, contém o diário de desenvolvimento do projeto da videoinstalação composta em dois atos. O primeiro ato aborda a massificação da imagem de forma acelerada. Em seguida, no ato 2, é criado um espaço de contemplação onde a imagem é desacelerada até o limite, tornando-se uma pintura abstrata em movimento.
Data do prémio9 fev. 2024
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorDiogo Costa Amarante (Supervisor)

Keywords

  • Cinema
  • Cinema abstrato
  • Cinema expandido
  • Expressionismo abstrato
  • Pós modernismo
  • Capitalismo tardio
  • Videoinstalação

Designação

  • Mestrado em Cinema

Citação

'