Ecoar a voz de mnemósine ou a comunicação e as instituições culturais

  • Bruno Pereira Conceição (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Partindo dos pressupostos que determinado objecto de arte e de cultura encerra em si uma mensagem e que o museu, como qualquer outra instituição cultural, é um espaço comunicacional por excelência; assumindo o papel de emissor face a um público receptor, plural e diversificado, este trabalho analisa a forma como as instituições culturais facultam as informações necessárias para a descodificação e interpretação do bem ou experiência cultural. Com base nas teorias do Marketing e do Marketing das Artes e da Cultura, procede-se à observação das formas e ferramentas usadas, e à apreciação da sua aplicabilidade ao domínio museológico e cultural. O objecto fulcral do estudo é a análise da comunicação entre a instituição cultural e, em particular o museu e os seus públicos, reais e potenciais, de forma a fidelizá-los ou a seduzi-los para os bens e as experiências de que podem usufruir, pelo que a publicidade é a forma de comunicação mais observada.
Data do prémio29 set. 2011
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria Isabel Rocha Roque (Supervisor)

Keywords

  • Comunicação cultural
  • Marketing da cultura
  • Museologia
  • Instituição cultura
  • Público de cultura
  • Publicidade

Designação

  • Mestrado em Ciências da Comunicação

Citação

'