Ensino profissional
: escolha, experiência e futuro

  • Pedro Bruno Garcia Espinha (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Desde o ano letivo 2004/2005, que o ensino profissional está presente na oferta formativa das escolas secundárias públicas, o que comporta desafios para escolas, alunos e professores. Este estudo tem por objetivo compreender as motivações/fatores que levam os alunos para optarem pelo ensino profissional, após a conclusão do 9º ano de escolaridade, bem como, as suas vivências no percurso escolar no ensino profissional e as implicações da frequência do ensino profissional no seu futuro. Assim, pretendeu-se caracterizar os processos de decisão e escolha no ensino profissional, identificando motivações, fatores de influências e crenças/expectativas, caracterizar os processos de implementação das escolhas no ensino profissional, identificando suportes/barreiras, fatores de influência, entre outros e caracterizar expectativas e planos futuros de alunos do ensino profissional. Utilizando o método da entrevista narrativa, as mesmas foram realizadas a seis alunos do ensino profissional e respetivos encarregados de educação, dois ex-alunos do ensino profissional e duas professoras de um agrupamento de escolas da zona centro. As entrevistas foram depois transcritas e posteriormente analisadas através do software QSR NVivo, versão 1.3.2. Os resultados permitem-nos assinalar fatores críticos relacionados com as vivências dos alunos que interferem com a escolha e experiência escolar no ensino profissional. Retiram-se implicações para a investigação e para a prática.
Data do prémio15 out. 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMarisa Carvalho (Supervisor)

Keywords

  • Ensino profissional
  • Escolha
  • Experiência
  • Futuro

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'