Espreitando os bastidores
: a metaficção em Carola Saavedra, Rui Macedo e António Lobo Antunes

Tese do aluno

Resumo

A pesquisa de doutorado apresentada a seguir pretende construir uma reflexão, em perspectiva comparada, sobre a metaficção em experimentos artísticos em curso no Brasil e em Portugal. Consideramos como obras metaficcionais aquelas que destacam e enfatizam a artificialidade de suas construções, desnudam-se diante do leitor, provocando a ilusão da suposta espontaneidade da criação artística. Desejamos, por meio do corpus bibliográfico da pesquisa, auscultar a respiração contemporânea do recurso metaficcional que, consagrado durante o modernismo, frequenta ainda com assiduidade obras literárias e artísticas contemporâneas de diferentes nacionalidades. Em meio a abundância de discursos autorreferentes, selecionamos três vozes que apresentam de maneira singular e original a questão metaficcional. O corpus selecionado contempla o romance O inventário das coisas ausentes (2014), da escritora brasileira Carola Saavedra, a exposição pictórica In Situ: Carta de Intenções (2014), do artista plástico português Rui Macedo e uma seleção de crônicas do escritor português António Lobo Antunes (Livro de crónicas, 1998, Segundo livro de crónicas, 2002, Terceiro livro de crónicas, 2006, Quarto livro de crónicas, 2011, e Quinto livro de crónicas, 2013). A primeira seção, introdutória, aponta os objetivos e hipóteses de trabalho que frequentam e norteiam a produção da tese de doutorado e endereça brevemente a discussão teórica em torno da metaficção. Em termos de formato, a tese investigará três grandes eixos em cada produção artística selecionada: o primeiro aspecto será perceber de que modo os investimentos metaficcionais produzem a impressão de uma espontaneidade forjada; o segundo aspecto será uma reflexão sobre o pacto de leitura (de que forma as obras selecionadas abalam a relação estabelecida entre artista, obra e público); e o terceiro aspecto será analisar como o corpus escolhido propõe um movimento de retorno a(s) origem(ns). Tendo como fio condutor da escrita da tese os três eixos acima listados pretendemos investigar de que maneira as obras artísticas reagem a essas indagações. Exploramos a hipótese de que o exame comparado dos dispositivos metaficcionais singulares mobilizados nessas obras fornece elementos valiosos para pensar o estatuto contemporâneo da metaficção, de um modo geral e nos contextos particulares enfocados, o português e o brasileiro.
Data do prémio26 mar 2018
Idioma originalPortuguese
SupervisorHelena Franco Martins (Supervisor) & Jorge Fazenda Lourenço (Supervisor)

Keywords

  • Metaficção
  • Autorreferência
  • Carola Saavedra
  • Rui Macedo
  • António Lobo Antunes

Designação

  • Doutoramento em Estudos de Cultura

Citação

'