Falso documentário
: montar entre ficção e facto

  • Nuno Teixeira de Castilho (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A presente dissertação, “Falso documentário: montar entre ficção e facto”,pretende reflectir sobre a montagem neste subgénero cinematográfico, a partir daanálise e desconstrução da montagem de várias obras denominadas falsosdocumentários, como também, dos respectivos géneros que de certa maneiraformam este híbrido audiovisual, a ficção e o documentário, situando-os ainda nasua aproximação à representação do real.Deseja-se clarificar os mecanismos de montagem que permitem revelar os objectivos narrativos e formais inerentes ao falso documentário, assim como explorar o seu contributo para uma melhor reflexão sobre as pre concepções,códigos e convenções intimamente ligadas ao documentário. Para isto, servimo-nos não apenas de uma pesquisa teórica, mas também de uma aplicação empírica, traduzida na criação de um projecto prático, “Artur”, um falso documentário sobre um realizador português, aparentemente desconhecido pelo público em geral.
Data do prémio2011
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorCarlos Sena Caires (Supervisor) & Carlos Ruiz Carmona (Co-Orientador)

Designação

  • Mestrado em Som e Imagem

Citação

'