Has the negative interest rate environment changed the financing structure of firms?

  • Inês da Cruz Morais Pais Jorge (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Em Junho de 2014, o Banco Central Europeu (BCE) diminui a taxa de juro que cobra aos bancos nos seus depósitos em 10 pontos base, atingindo pela primeira vez valores negativos, com o objectivo de estimular o crescimento económico. A eficácia deste novo mecanismo de transmissão de política monetária tem vindo a ser extensivamente estudada, principalmente na perspectiva dos bancos, sem que se tenha chegado a um consenso. No entanto, esta dissertação tem como foco empresas não financeiras, com o objectivo de entender se a introdução de taxas de juro negativas teve algum impacto nas suas decisões de financiamento. Utilizando uma metodologia semelhante à de Bougheas et al. (2006), concluímos que empresas mais constrangidas (mais pequenas, com mais risco, e com menos colateral), estão mais susceptíveis (têm mais dívida de curto prazo) a uma política monetária mais restritiva. O ambiente de taxas de juro negativas tem um impacto reduzido, sendo que as empresas mais arriscadas contêm o seu financiamento externo relativamente a outros períodos.
Data do prémio29 jan 2021
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorCarla Sofia Soares (Supervisor)

Keywords

  • Taxas de juro negativas
  • Transmissão de política monetária
  • Financiamento externo

Designação

  • Mestrado em Economia

Citação

'