How does internationalization affect the management of the brand identity signs
: the case study of Sogrape

  • Sofia Lobato Dias Leite Hügens (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Ao longo das últimas décadas, os processos de internacionalização dentro da indústria do vinho têm vindo a aumentar, assumindo uma importância crescente para o sucesso das empresas vinícolas. Ao nível internacional, diferentes mercados apresentam diferentes culturas, diferentes comportamentos dos seus consumidores, e outras especificidades, como as regulamentações legais. Devido à diversidade e complexidade destes fatores, a análise dos vários mercados é uma tarefa desafiante para estas empresas. Em particular, as estratégias relativas aos sinais de identidade da marca, implicam investimentos consideráveis em termos de investigação, dinheiro e tempo. A presente investigação pretende analisar as estratégias de internacionalização relativas aos sinais da identidade da marca que uma empresa vinícola implementa, dando especial destaque à embalagem, ao rótulo e ao logótipo. Adicionalmente, este estudo pretende compreender as motivações subjacentes à adoção dessas estratégias. Para examinar este tópico escolhemos, como estudo de caso, a maior empresa de vinhos premium de Portugal, a Sogrape. Através de uma metodologia qualitativa, recolheram-se dados secundários e realizaram-se duas entrevistas. Juntamente com a revisão da literatura, através destes métodos de recolha de dados pretende-se responder à questão de investigação: “Que estratégias de adaptação e estandardização implementa a empresa Sogrape relativamente aos sinais de identidade das marcas Mateus, Gazela e Silk & Spice, ao servir mercados internacionais, tendo em consideração as especificidades desses mercados e a heterogeneidade dos consumidores de vinho a nível mundial?”. Os resultados indicam que é desejável estandardizar os atributos intrínsecos do vinho (i.e., o perfil do vinho), bem como os atributos extrínsecos responsáveis pela autenticidade e identidade da marca (i.e., elementos específicos da embalagem, do rótulo e do logótipo), enquanto outros atributos extrínsecos do vinho, com a exceção do logótipo, são tipicamente adaptados, em maior ou menor grau, de acordo com o mercado e os seus consumidores.
Data do prémio9 dez. 2021
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJoana Machado (Supervisor)

Keywords

  • Indústria do vinho
  • Comportamento do consumidor de vinho
  • Sinais de identidade da marca
  • Embalagem de vinho
  • Rótulo do vinho
  • Logótipo do vinho
  • Internacionalização

Designação

  • Mestrado em Marketing

Citação

'