Impacto do processo de decisão judicial em crianças vítimas de abuso sexual
: perceções dos juízes

  • Eva Pinho Azevedo (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A criança tem uma presença incontornável na justiça. É consensual que o seu envolvimento no processo é uma vivência emocionalmente exigente e ansiogénica, sendo necessário adequar os procedimentos do sistema de justiça para reduzir o impacto negativo desta experiência (Ribeiro, 2009). O objetivo deste estudo exploratório é compreender o impacto do processo de decisão judicial em crianças vítimas de abuso sexual, na perspetiva dos juízes. Para cumprir este objetivo foi adotada uma abordagem qualitativa orientada pelos princípios da Grounded Theory. Para a recolha de dados foi utilizado um guião de entrevista semiestruturado (Ribeiro, 2009). Foram intencionalmente selecionados participantes com experiência reconhecida na temática em estudo – juízes - e que intervêm nas diferentes fases do processo. De acordo com as narrativas é de salientar que os juízes percecionam a participação da criança como um processo complexo e desgastante que acarreta inúmeras fragilidades para esta. Estes valorizam a sua vivência psicoemocional e têm conhecimento e consciência dos fatores que contribuem para a vitimação secundária, utilizando estratégias para diminuir o impacto desta vivência.No futuro, julgamos ser importante um maior investimento na formação dos profissionais de justiça e a contínua investigação nesta temática, na perspetiva de diferentes profissionais.
Data do prémio2015
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorRaquel Matos (Supervisor) & Catarina Ribeiro (Co-Orientador)

Keywords

  • Abuso sexual de crianças
  • Processo de tomada de decisão judicial
  • Vitimação secundária
  • Perceções dos juízes

Designação

  • Mestrado em Psicologia

Citação

'