Impacto organizacional das perceções de justiça distributiva em relação aos sistemas de recompensas
: uma meta-análise qualitativa

  • Francisca Ferraz Simões (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente trabalho pretende estudar quais as consequências que os sistemas de recompensas provocam na perceção de justiça de distributiva dos colaboradores. A relevância deste tema debate-se com o enorme peso que as recompensas têm no mercado de trabalho, sendo que este se encontra cada vez mais competitivo. O método utilizado neste trabalho foi a meta-análise qualitativa, dada a vasta existência de literatura alusiva ao tema em análise. Através da questão de investigação: “De que forma é que as perceções de justiça distributiva em relação aos sistemas de recompensas impactam o trabalho e as organizações?” foi definido um conjunto de palavras-chave e foi realizada uma pesquisa de artigos científicos, publicados entre 2019 e 2023, nas bases de dados “EBSCO” e “Web of Science”. Foram identificados 19 artigos, conforme critérios previamente definidos. Descobriu-se que a perceção de justiça distributiva relativa aos sistemas de recompensas, apresenta não só consequências positivas, destacando-se, entre outras, o compromisso organizacional, como também consequências negativas, nomeadamente os comportamentos de trabalho contraproducentes.
Data do prémio26 mar. 2024
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorCarla Martins (Supervisor) & Maria Isabel G. G. Castro Guimarães (Co-Orientador)

Keywords

  • Perceção de justiça administrativa
  • Sistema de recompensas
  • Atitudes organizacionais
  • Comportamentos organizacionais

Designação

  • Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Citação

'