Impulsividade, personalidade e dependência de videojogos
: um estudo quantitativo sobre os determinantes do uso de videojogos

  • Luís Fernando Carvalho Vieira (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Os problemas de dependências de uma pessoa estão muitas vezes relacionados com a sua personalidade e impulsividade. Na literatura, encontramos destacado o vínculo entre a dependência de videojogos e uma ampla gama de caraterísticas da personalidade, tendo vindo a emergir a teoria que cada uma destas dimensões e caraterísticas, isoladamente ou, mais frequentemente, em combinação, podem desempenhar um papel central na aquisição, desenvolvimento e manutenção desta dependência. Estudos sobre a relação entre impulsividade e a dependência de videojogos sugerem também que facetas específicas de impulsividade podem estar ligadas à dependência. Neste sentido, é importante desenvolver mais pesquisa sobre esta temática, que pode ser crítica para ajudar a entender se o conceito de dependência de videojogos reflete uma identidade específica e consistente e, se assim for, qual o padrão (ou padrões) dos traços de personalidade que podem predispor a isso. O objetivo deste estudo visa explorar a relação entre a dependência de videojogos, a personalidade e a impulsividade, numa amostra de 191 participantes utilizando instrumentos que medem o grau de dependência de videojogos, o nível de impulsividade e diferentes traços de personalidade. Foi possível confirmar a correlação entre aspetos da impulsividade e traços de personalidade com a dependência de videojogos, bem como diferenças entre sexos, corroborando assim com estudos anteriores, sendo os resultados aplicados à população portuguesa.
Data do prémio27 jan 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPaulo César Dias (Supervisor)

Keywords

  • Impulsividade
  • Personalidade
  • Dependência de videojogos
  • Jovens adultos

Designação

  • Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Citação

'