Intervenção de conservação e restauro nos revestimentos parietais em técnica de stucco-lustro (pedra)
: e estuques : vestíbulo do 2º piso da Casa do Vinho Verde : Porto

  • Inês Rafaela Maciel Magalhães (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O projeto de estágio decorreu na Casa do Vinho Verde (palacete Silva Monteiro), pertencente à Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, sita no Porto, no âmbito do qual se programou uma intervenção de conservação e restauro dos revestimentos interiores do edifício. O trabalho de estágio incidiu na intervenção de conservação e restauro dos revestimentos parietais em pintura de fingidos de pedra (mármore) em técnica de stucco-lustro do vestíbulo do 2º piso do edifício, cronologicamente enquadrados entre finais do século XIX e as primeiras décadas do século XX.
A anomalia dominante nesta obra traduziu-se na oxidação da camada final de verniz de proteção. As principais etapas no primeiro contacto com a obra foram as seguintes: registo fotográfico inicial, diagnóstico do estado de conservação, mapa de danos do conjunto de paredes e seleção das que se iam intervencionar. Numa segunda fase realizamos a recolha de amostras para análise, a proposta de tratamento e, por último, a intervenção. Foram utilizados diferentes géis dando preferência a solventes de baixa toxicidade de acordo com a metodologia de Paolo Cremonesi.
A intervenção prática enquadrou-se nos princípios do Código da ética do conservador-restaurador, realizando-se vários estudos e registos sobre a obra e começando a intervenção pela pintura que se encontrava em pior estado de conservação. Por se tratarem de revestimentos com valores históricos e estéticos, foram realizados vários registos iniciais importantíssimos para uma obra considerada integrada.
Este estágio possibilitou a realização do restauro de aproximadamente 80% do conjunto das paredes do vestíbulo do 2º piso, num período de três meses, tendo sido integralmente cumpridos os objetivos traçados: limpeza, preenchimento do suporte e superfície, reintegração cromática pontual e aplicação de revestimento de proteção, tendo permitido a aquisição de competências específicas da área de conservação e restauro e transversais.
A intervenção permitiu devolver a leitura original à obra, restituindo a harmonia do programa decorativo do espaço original.

Data do prémio20 jan 2020
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorEduarda Vieira (Supervisor) & Isaura Almeida (Co-Orientador)

Keywords

  • Revestimentos interiores
  • Casa do Vinho Verde
  • Stucco-lustro
  • Pintura
  • Conservação-restauro

Designação

  • Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais

Citação

'