Kenny music performance anxiety inventory
: contributos para a validação portuguesa

  • Nânci Marques Figueiredo (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente estudo teve como principal objetivo contribuir para a validação portuguesa do instrumento “Kenny Music Performance Anxiety Inventory” através da sua adaptação e estudo de características psicométricas. Participaram no estudo 164 estudantes universitários de música-instrumento. Foram adotados os seguintes procedimentos: (1) tradução e adaptação da escala, com recurso ao método de reflexão falada; (2) recolha de dados; (3) análises psicométricas; e (4) análise de diferenças entre grupos. A versão final do instrumento revelou uma elevada fidelidade uma estrutura fatorial equivalente ao estudo mais recente de análise do K-MPAI, contendo 30 itens organizados em dois fatores: sintomatologia cognitiva e fisiológica na Ansiedade na Performance Musical (APM) e vulnerabilidade individual e familiar. Relativamente às diferenças de grupos, concluiu-se que participantes do sexo feminino, participantes com histórico de acompanhamento profissional por problemas de ansiedade e participantes com histórico de recorrer a medicação para controlo de ansiedade, apresentam maiores níveis de sintomatologia cognitiva e fisiológica na APM, vulnerabilidade individual e familiar e APM na sua globalidade. A validação do K-MPAI em Portugal é cada vez mais pertinente pois a APM é um problema em crescimento com consequências graves na vida dos indivíduos, e é necessária uma avaliação eficaz que permita o desenvolvimento de estratégias e tratamentos adequados.

Data do prémio19 nov 2020
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPedro Dias (Supervisor) & Lurdes Veríssimo (Co-Orientador)

Keywords

  • Ansiedade na performance musical
  • Estudantes universitários de música-instrumento
  • Portugal
  • K-MPAI
  • Características psicométricas

Designação

  • Mestrado em Psicologia

Citação

'