MASC
: o corpo masculino e a masculinidade na fotografia gay

  • Miguel Rocha de Pinho (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Esta dissertação é uma base teórica que suporta e alicerça a série fotográfica MASC. O tema desta dissertação e da série é a representação da masculinidade e do corpo masculino dentro da comunidade homossexual. Para a investigar, estudam-se os conceitos de masculinidade e homossexualidade, como têm evoluído ao longo da história e como a sua solidez na sociedade tem exigido dos homens gay a conformação a certos parâmetros rígidos, que resulta numa espécie de mentalidade opressiva que toma o homem gay como opressor e oprimido, causada por uma ansiedade resultante da não conformidade de género que vem desde a infância. Explora-se o trabalho de fotógrafos homossexuais que também abordaram estas temáticas, como Robert Mapplethorpe, Peter Hujar e Paul Mpagi Sepuya. Finalmente, apresenta-se a série fotográfica MASC e compara-se com os artistas anteriormente falados, procurando questionar o que é performativo na masculinidade do homem gay e pôr em causa essa exigência de identificação e conformação a que o homem gay é sujeito.
Data do prémio14 set. 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorNuno Crespo (Supervisor)

Keywords

  • Fotografia
  • Homossexualidade
  • Masculinidade
  • Arte queer
  • Questões de género

Designação

  • Mestrado em Fotografia

Citação

'