Materiais utilizados para proteção e tratamento de dentes com alterações de estrutura de esmalte
: uma umbrella review

  • Andreia Cristina Gomes (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Introdução: O esmalte dentário pode sofrer alterações em diferentes estágios da amelogénese, sendo o resultado de vários fatores, tanto a nível sistémico, ambiental como hereditário. Assim sendo, existem vários tipos de defeitos de esmalte, como por exemplo, a hipomineralização molar-incisivo (HMI), hipomineralização dos segundos molares decíduos (HSMD), fluorose e amelogénese imperfeita (AI). Materiais e Métodos: Realizou-se uma revisão sistemática, do tipo umbrella review, seguindo as diretrizes PRISMA. As pesquisas foram conduzidas, através das bases de dados eletrónicas, Pubmed, Scopus e Web of Science sendo identificados os estudos até abril de 2022. A questão de pesquisa de acordo com o método PICO foi estabelecida “Qual o material mais indicado para proteção/tratamento de molares permanentes com alterações de esmalte de diferentes etiologias?”. Após estabelecer a estratégia de pesquisa, os estudos foram selecionados, com os critérios de inclusão e exclusão, os dados extraídos e a calibração foi concluída por dois revisores independentes. A qualidade metodológica foi avaliada através da ferramenta AMSTAR-2 e para o risco de viés das revisões sistemáticas incluídas, utilizou-se a ferramenta ROBIS. Por fim, a análise relativamente ao nível de evidência foi efetuada pela ferramenta GRADE. Resultados: 313 artigos foram identificados no decorrer da pesquisa, nas três bases de dados integrando de igual modo, a pesquisa manual. Após a exclusão dos duplicados, 279 estudos foram avaliados tendo em conta o título e o abstract, onde 15 acabaram por ser selecionados para a leitura integral com a finalidade de avaliar a sua elegibilidade. Um total de sete estudos foram incluídos para análise desta revisão sistemática. Conclusão: As opções disponíveis para o tratamento de dentes com alterações de estrutura de esmalte são variáveis, desde a prevenção, restauração até mesmo à extração. Apesar de existirem resultados sugestivos, há evidentemente uma clara necessidade na realização de mais estudos clínicos, que possam fornecer resultados mais confiáveis sobre o assunto.
Data do prémio15 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAnna Moura (Supervisor), Patrícia Nunes Correia (Co-Orientador) & Thais Gimenez (Co-Orientador)

Keywords

  • Hipomineralização molar-incisivo
  • Tratamento
  • Revisão sistemática
  • Amelogénese imperfeita
  • Defeitos de desenvolvimento do dente

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'