Medical competencies in palliative care for internal medicine residency

  • Manuel Bernardo Clemente Figueira Araújo (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Objetivo: O objetivo desta revisão é listar as competências básicas que deverão ser adquiridas durante o internato de medicina interna em Portugal.Introdução: Os cuidados paliativos e o alívio do sofrimento foram descritas como as mais dimensões mais negligenciadas de saúde pública em 2018 e o envelhecimento da população está a dar origem a um aumento das doenças crónicas. Sendo estas um foco primordial na medicina interna, os internistas têm a obrigação de desenvolver competências básicas em cuidados paliativos de forma a proporcionar o acesso universal a estes cuidados. Em Portugal o currículo de medicina interna é omisso relativamente a competências nesta área.Métodos: Esta scoping review foi elaborada com base da metodologia da JBI. A pesquisa foi efetuada em dezembro de 2019. Foram incluídos estudos publicados em bases de dados internacionais e literatura cinzenta em inglês, espanhol, francês e português sem limite de tempo e com uma descrição clara das competências básicas em cuidados paliativos para a especialidade de Medicina Interna.Resultados: Obtiveram-se para análise, 5032 registos das bases de dados internacionais e 15 de literatura cinzenta. Destes 31 artigos foram incluídos para revisão obtendo-se uma listagem de 1064 competências básicas. Estas competências foram organizadas Segundo 7 domínios: 1 Competências clínicas; 2 Questões psicoexistenciais; 3 Competências em aspetos éticos e legais e profissionalismo; 4 Competências em Comunicação; 5 Competências em trabalho de equipa; 6 Competências relacionadas com os sistemas de saúde; 7 competência sem educação e medicina baseada na evidencia. Depois de categorizar a listagem, obtivemos 248 competências básicas. Conclusão: Os internistas proporcionam cuidados paliativos a doentes na sua prática diária e têm-no feito desde sempre. Independentemente do nível de especialização, todos os internistas podem e devem utilizar o crescente conhecimento em cuidados paliativos na sua prática diária. Com os dados deste scope, esperamos proporcionar uma ferramenta quepermita a elaboração de um currículo formal para a especialidade de medicina interna.
Data do prémio6 out 2021
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorManuel Luís Capelas (Supervisor)

Keywords

  • Medicina interna
  • Internistas
  • Competências
  • Cuidados paliativos

Designação

  • Mestrado em Cuidados Paliativos

Citação

'