Menopausa
: influência do stress, da resiliência e do suporte social na qualidade de vida

  • Sónia Alexandrina Araújo Monteiro (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Objetivo: Este estudo analisou a relação entre as variáveis stress, resiliência, suporte social (SS) e a qualidade de vida (QV) física e QV psicológica na menopausa, tal como analisou diferenças entre mulheres nos diferentes estádios da menopausa nas variáveis psicossociais em estudo.Método: Estudo quantitativo e corte transversal, num só momento. O stress, resiliência, SS e a QV física e psicológica foram avaliados numa amostra de 135 mulheres na menopausa, por meio do preenchimento de instrumentos de autorrelato, via online.Resultados: Verificaram-se diferenças estatisticamente significativas nos diferentes estádios da menopausa apenas a nível do SS. As mulheres na peri-menopausa relataram níveis superiores de SS. O stress correlacionou-se negativamente com a QV física e psicológica e a resiliência e o SS correlacionaram-se positivamente com a QV física e psicológica. Adicionalmente, verificou-se que mais anos de escolaridade, menos stress e mais resiliência predizem melhor QV física e psicológica na menopausa.Conclusões e Implicações: Estes resultados sugerem que a QV não varia nos diferentes estádios da menopausa e que maior escolaridade, menor stress e maior resiliência se encontram associados a melhor QV. Mais estudos são necessários para identificar que fatores específicos de resiliência podem ser associados a melhor QV, nesta fase de transição de vida das mulheres.
Data do prémio11 fev 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorEleonora C. V. Costa (Supervisor)

Keywords

  • Menopausa
  • Qualidade de vida
  • Stress
  • Resiliência
  • Suporte social

Designação

  • Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Citação

'