Metodologia para o mapeamento de fenómenos de biodeterioração por manchas negras na pintura mural do séculos XV e XVI com o apoio de processos fotogramétricos e sistemas de registo vetorial
: o caso de estudo da Igreja Paroquial de Santa Marinha, Vila Marim (Vila Real)

  • João Paulo Sandes Dias dos Santos (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Esta dissertação está focada no levantamento arquitetónico conjugado com a fotogrametria, esperando-se que a conjugação destas metodologias se torne mais eficaz para o levantamento e documentação do edifício, o que possibilitará aumentar a quantidade de informações detalhadas para o estudo do fenómeno de alteração com provável origem biológica, denominado por manchas negras, que ocorre em algumas igrejas dos séculos XV e XVI do norte de Portugal. A sua aplicação está focada a um caso de estudo, em particular, da igreja de Santa Marinha, Paroquial de Vila Marim, em Vila Real. A fotogrametria e o levantamento arquitetónico por si não são novidade. Contudo, a sua conjugação para dar suporte a uma leitura integrada do problema das manchas negras, pretende ser um contributo no sentido de possibilitar a ampliação da abordagem ao problema da biodeterioração da pintura mural por manchas negras e a necessidade da sua compreensão através da integração de variáveis como a morfologia do edifício, sua tipologia construtiva, os materiais empregues na sua construção, a ação de agentes meteorológicos, a localização das pinturas no edifício e as manchas negras nas pinturas, e a possibilidade de estabelecer ou não uma corelação entre as mesmas. Através deste estudo almeja-se compreender melhor o processo de formação das manchas negras e possivelmente sustentar as variáveis plausíveis da origem deste problema, considerando as técnicas e materiais utilizados durante sua construção e/ou reformas posteriores, que possam ter sido a causa ou a agravante ao normal funcionamento do esquema construtivo. De igual modo, visa-se ainda fornecer uma ferramenta que possa vir a ser usada na gestão de conservação para este fenómeno. Nesta dissertação apresenta-se o levantamento arquitetónico com o mapeamento das anomalias, trabalhando-o por fotogrametria e registo vetorial no edifício da Igreja de Santa Marinha da freguesia de Vila Marim em Vila Real. A base teórico-metodológica para realização desta dissertação consiste na compilação de diversos trabalhos como a consulta de um artigo relativo à História da Construção e os Construtores do Mosteiro de Alcobaça e, em particular, no trabalho desenvolvido na dissertação de mestrado de Alexandra Marco, dedicados ao tema da biodeterioração em pintura mural a Norte de Portugal. Através do levantamento arquitetónico do interior e exterior, atualizaram-se os dados acerca do estado de conservação do edifício, criaram-se diversos mapas de danos observáveis no edifício e nas pinturas murais, para então caracterizar o estado de conservação geral do imóvel, e compreender quais as necessidades emergentes da conservação dos espaços.
Data do prémio29 abr 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorFrederico Henriques (Supervisor), Patrícia R. Costa (Supervisor) & Eduarda Vieira (Supervisor)

Keywords

  • Fotogrametria
  • Levantamento arquitetónico
  • Registo vetorial
  • Pintura mural
  • Biodeterioração
  • Manchas negras

Designação

  • Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais

Citação

'