Minorias nos jogos paralímpicos Rio 2016
: dimensão ético-deontológica da cobertura jornalística portuguesa

  • Ema Gil Caldas Justino Pires (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Nos últimos anos, têm vindo a surgir, a nível nacional e internacional, documentos que pretendem promover uma mediatização mais justa e inclusiva das pessoas com deficiência, bem como do desporto paralímpico. Tendo por base estes guias, a presente investigação tem como objeto de estudo as questões éticas e deontológicas inerentes à cobertura jornalística portuguesa dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, não só no que diz respeito à mediatização dos atletas com deficiência, mas também dos atletas pertencentes a outros grupos minoritários (étnicos, raciais, religiosos, de género ou sexuais). Partindo de um quadro teórico que destaca o reduzido número de investigações dedicadas ao tema em contexto nacional, o presente estudo debruça-se sobre o tratamento jornalístico e a visibilidade conferida a estes competidores ao longo da cobertura portuguesa do evento. Para este estudo, recorremos a três instrumentos metodológicos, os quais compõem um design misto: uma entrevista exploratória com a autora do único guia de mediatização português; uma análise de conteúdo à produção jornalística dedicada ao evento, da autoria de meios de comunicação portugueses impressos e televisivos, bem como da agência noticiosa Lusa; e entrevistas em profundidade com três dos quatro jornalistas nacionais responsáveis pela cobertura presencial desta competição. Este estudo permitiu-nos concluir que a cobertura portuguesa dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 foi globalmente responsável, de um ponto de vista ético e deontológico, com os referidos “guias orientadores da mediatização” a deterem a capacidade de suscitar nos profissionais do campo mediático preocupações dessa natureza, aquando da sua realização de trabalhos jornalísticos envolvendo grupos minoritários.
Data do prémio6 abr. 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorCamila Arêas (Supervisor)

Keywords

  • Mediatização
  • Jornalismo desportivo
  • Jogos Paralímpicos Rio 2016
  • Ética
  • Deontologia
  • Minorias
  • Visibilidade
  • Representação

Designação

  • Mestrado em Ciências da Comunicação

Citação

'