O De Sacerdotio de João Crisóstomo Cenário in nuce para os tria munera e suas concretizações no Magistério desde o II Concílio do Vaticano

  • José Emanuel Rodrigues Félix Milheiro Amorim (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O De Sacerdotio é uma das obras mais conhecidas e mais amplamente difundidas de João Crisóstomo. Sendo redigida em finais do séc. IV representa um verdadeiro legado espiritual da antiguidade cristã. Escrito provavelmente em Antioquia da Síria, o De Sacerdotio aborda, como o nome indica, o sacerdócio ministerial ordenado. Nele encontra-se um autêntico elogio ao sacerdócio cristão, pautado por belíssimas e riquíssimas imagens, quer bíblicas quer do quotidiano. Assim, partindo da vida de João Crisóstomo e da leitura e estudo do De Sacerdotio, este trabalho procura olhar o ministério sacerdotal ordenado propondo um cenário embrionário para os tria munera como tripé fundamental do exercício do ministério ordenado. Neste sentido, e depois de serem destacados os três múnus crísticos no texto de João Crisóstomo, são realçadas as suas concretizações no Magistério relacionado com o sacerdócio ministerial, desde o II Concílio do Vaticano.
Data do prémio24 nov 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAlexandre Freire Duarte (Supervisor)

Keywords

  • De Sacerdotio
  • Sacerdócio ministerial
  • Tria munera
  • II Concílio do Vaticano
  • Magistério pontifício
  • Magistério curial

Designação

  • Mestrado Integrado em Teologia

Citação

'