O Impacto da Pandemia “Covid-19” na transição para a parentalidade

  • Suncar Dansó Cassamá (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente trabalho de investigação tem como objetivo principal perceber e
compreender as motivações e expectativas dos casais que escolheram no último ano ter um filho, e observar as suas adaptações durante a pandemia de COVID-19, considerando também a qualidade da sua relação conjugal e com as famílias de origem. Partindo da consideração sobre como a relação conjugal foi afetada em função do contexto pandémico e a experiência do casal quanto à transição para a parentalidade, nos propomos realizar um estudo qualitativo exploratório, a partir da experiência relatada por dois casais. Neste sentido, foram utilizados dois instrumentos qualitativos gráfico/pictórico para a recolha de dados. Em primeiro lugar foi aplicado o Questionário Sóciodemográfico e uma entrevista semiestruturada elaborados especificamente para esta investigação e de seguida foi utilizado o “Family Life Space” (1976/2019) desenvolvido por Mostwin e traduzido e adaptado para a população português a partir da versão italiana de Cigoli e Temanza (2018). A utilização do “Family Life Space” oferece várias vantagens envolvendo a família como um todo, considera a família como
unidade, como algo que é mais do que a mera soma das partes, pelo que permite explorar a dimensão interativa e relacional da experiência familiar.
Data do prémio8 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorFabrizia Raguso (Supervisor)

Keywords

  • Parentalidade
  • Transição familiar
  • Covid
  • Psicologia clínica e saúde

Designação

  • Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Citação

'