O impacto psicológico do doente com delírium nos enfermeiros em contexto de cuidados paliativos

  • Rui Carvalho Santos (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Introdução: O Delírium define-se por uma síndrome caracterizada por perturbações donível de consciência com défice de atenção e distúrbios da cognição ou perceção quesimultaneamente conduz a um processo de disfunção cerebral global com elevadoimpacto no doente, família e profissionais.De forma a perceber objetivamente a dimensão deste impacto nos profissionais, emparticular nos enfermeiros em contexto de cuidados paliativos, pretende-se com esteestudo identificar o impacto psicológico do delírium em contexto de cuidados paliativos.Método: revisão sistemática da literatura realizada nos meses de março e abril de 2021com recurso às bases de dados eletrónicas Pubmed, EBSCO e SCOPUS.Resultados: Foram selecionadas 13 publicações (n=13), entre as quais se incluemestudos qualitativos, quantitativos, etnográficos, artigos de revisão e estado de arte.Entre as publicações identificadas, os investigadores identificam frequentemente aproblemática do impacto psicológico nos enfermeiros e a sua associação com o défice de formação dos profissionais. Conclusão: Os achados deste estudo apontam que o evidente impacto psicológico nos enfermeiros, é complexo e caracterizado por dificuldades associadas ao processo de tomada de decisão, dilemas éticos, problemas de imprevisibilidade, sentimentos de desconfiança, isolamento, culpa, raiva, ansiedade e frustração, concomitantemente com o aumento do volume/carga de trabalho que o doente com delírium representa.
Data do prémio23 nov 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorSandra Patrícia Coelho (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Cuidados Paliativos

Citação

'