O papel da linguagem no desenvolvimento cognitivo dos jovens

  • Alexandrina da Silva Lourenço (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A presente dissertação tem como base a obra Investigações Filosóficas de Ludwig Wittgenstein e trata o tema «o papel da linguagem no desenvolvimento cognitivo, como instrumento para o estudo da aprendizagem de jovens adolescentes». O tema proposto tem como pano de fundo o Projeto “Filosofia para Crianças e Jovens”, implementado no Colégio Internacional de Vilamoura, onde leciona a autora da dissertação aqui desenvolvida. Este projeto foi implementado há cerca de 15 anos, sendo, neste momento, alvo de estudo e uma riquíssima fonte de análise. Na sua origem e tal como a generalidade dos projetos nesta área científica, o projeto em curso nesta Escola - Colégio Internacional de Vilamoura - tem assumido como base de trabalho a teoria de Matthew Lipman sobre o ensino da filosofia aos mais jovens, bem como alguns outros contributos da Sociedade Portuguesa de Filosofia, de Oscar Brenifier2 e de Alice Santos3. Assim, integrando-se a mestranda neste projeto e percebendo a necessidade de procurar inovação científica, propôs-se estudar a obra de Wittgenstein acima citada, no sentido de produzir uma dissertação que tem como primeiro objetivo fundamentar teórica e epistemologicamente as práticas pedagógicas de filosofia no Colégio. Assim sendo, e depois de uma primeira parte dedicada à contextualização da obra em causa, bem como à sua apresentação, realiza-se um estudo de caso, através da prática letiva da disciplina de Filosofia para Jovens, ministrada a uma turma de 8º ano, que submeteu a teste as potencialidades do rigor linguístico e do alargamento vocabular no desenvolvimento do raciocínio e na apreensão do conhecimento. Por fim, partindo do estudo da obra de Wittgenstein, em confronto com as teorias prevalecentes neste campo científico e com as práticas em vigor, o objetivo último consiste em apontar caminhos orientadores para o desenvolvimento e melhoria do Projecto “Filosofia para Jovens” no Colégio.
Data do prémio25 mar. 2015
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAmérico Pereira (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Filosofia

Citação

'