O processo de aprendizagem para um cuidar especializado

  • Inês Maria Castro Moutinho Pereira Pinto (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente relatório surge no âmbito da unidade curricular “Estágio Final e Relatório”, que se insere no Curso de Mestrado em Enfermagem, com Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica, na área da Pessoa em Situação Crítica, e tem como objetivo descrever as competências adquiridas em contexto de Serviço de Medicina Intensiva e em Serviço de Urgência, através de uma análise crítico-reflexiva. A reflexão inicial sobre as competências adquiridas anteriormente - no primeiro contacto
com o doente crítico - tornou-se essencial, uma vez que permitiu o reconhecimento de problemas de especial complexidade, a análise crítica dos resultados encontrados, bem como a capacidade de diagnóstico e juízo clínico.
O Serviço de Medicina Intensiva caracteriza-se por ser um serviço dotado de equipamentos que provocam algum ruído de fundo. Estes níveis exagerados de ruído prejudicam a pessoa doente, contribuindo para o aumento do delírio e para a diminuição da qualidade do sono, pelo que se tornou pertinente investigar a intervenção do enfermeiro especialista na promoção do bem-estar da pessoa em situação crítica. Durante a passagem pelo Serviço de Medicina Intensiva e pelo Serviço de Urgência
desenvolveram-se competências ao nível do cuidar do doente crítico, nomeadamente, competências comunicacionais não-verbais, que alicerçadas ao estabelecimento de uma relação terapêutica com o doente e a sua família, tornam-se fundamentais para a prestação de cuidados de qualidade; competências a nível da gestão dos cuidados e recursos - inerentes à necessidade de promover ambientes de prática de Enfermagem favoráveis; competências a nível da promoção de estratégias de prevenção e controlo de infeção, e também ao nível do domínio das aprendizagens - sendo promotora da mudança e agente ativa no campo de investigação ao produzir trabalhos científicos, partilhando os resultados com as equipas. Foi um percurso bastante enriquecedor com implicações a nível profissional, contribuindo para a minha capacidade crítico-reflexiva, reforçando a importância da relação teóricoprática e da valorização das necessidades plurais do doente, sempre respeitando uma visão biopsicossocial.
Data do prémio30 jun 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria Amélia Dias Ferreira (Supervisor)

Keywords

  • Enfermeiro especialista
  • Pessoa em situação crítica
  • Competência comum
  • Competência específica

Designação

  • Mestrado em Enfermagem

Citação

'