Perceções de docentes sobre as dimensões da avaliação do desempenho docente
: supervisão e colaboração na cultura docente

  • Regina Maria Ferreira Gomes Marques (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A presente investigação insere-se na problemática da avaliação de desempenho docente (ADD), enquadrada na questão de investigação: “Qual é a perceção dos docentes quanto às transformações relacionadas com a avaliação de desempenho docente nas seguintes dimensões: dinâmicas colaborativas, dinâmicas supervisivas e melhoria das práticas pedagógicas?”. Neste estudo propomo-nos compreender a forma como o processo de ADD foi aplicado nas escolas e percecionado pelos professores, no universo que elegemos, e em termos de tendências. Para isso, foi convocada a influência que os professores atribuíram às lideranças intermédias na promoção das culturas supervisivas e colaborativas. Para o desenvolvimento do estudo, foi necessário definir e clarificar algumas noções fundamentais para a ADD, tais como a de avaliação, e de avaliação do desempenho, o conceito de supervisão, bem como abordar o quadro teórico que analisa a cultura da escola, em que se realçam as perspetivas ligadas à valorização da cultura colaborativa e de mudança e melhoria das práticas. Participaram no estudo os docentes das escolas básicas dos 2º e 3º ciclos dos concelhos de Almada e do Seixal, que exerceram funções nos anos letivos compreendidos entre 2007/2008 e 2009/2010. A informação foi recolhida através de inquérito por questionário, realizado on-line, porque se mostrou ser a forma mais adequada face ao objetivo do estudo. Com este instrumento, procurámos compreender, de forma extensiva no universo considerado, as dinâmicas que envolveram os docentes nas escolas onde lecionaram no período da implementação da avaliação de docentes, de acordo com o Decreto Regulamentar nº 2/2008, de 10 de janeiro. Entre as conclusões do nosso estudo destacamos as contradições existentes, nas opiniões expressas pelos docentes, quanto à forma como as práticas supervisivas, colaborativas e a melhoria da ação docente foram percecionados. A forma como as mudanças inerentes à ADD foram introduzidas na escola e a burocracia inerente às mesmas provocou reações de oposição e descrença no processo, condicionando a existência de melhorias nas práticas docentes mas, no global, os docentes consideraram que a supervisão contribuiu para a melhoria da sua ação docente. A aplicação da ADD foi percecionada como uma oportunidade para a introdução de melhorias na prática docente e tantos os fatores relacionais entre os docentes, como os de comunicação com os líderes, de topo e intermédios, foram considerados como muito potenciadores. Na perspetiva dos docentes inquiridos, as maiores dificuldades que se colocaram e que determinaram a forma como decorreram as ações avaliativas, supervisivas e colaborativas foram a falta de reconhecimento da qualificação profissional dos supervisores, das suas competências, a sua ação burocrática e o descrédito nas vantagens da existência de mecanismos de supervisão de docentes. Os fatores pessoais e os do contexto escolar foram percecionados como obstáculos à implementação, de forma eficaz, das práticas colaborativas e supervisivas, condicionando o desenvolvimento profissional e a avaliação do desempenho dos docentes. No global, os sujeitos deste estudo consideraram que a ADD não teve impacto positivo no desenvolvimento profissional dos docentes.
Data do prémioout. 2011
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria do Céu Roldão (Supervisor)

Keywords

  • Avaliação
  • Desempenho docente
  • Supervisão
  • Culturas colaborativas
  • Liderança
  • Mudança
  • Melhoria das práticas

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'