Processo artístico desde que o Museu d’Art Contemporani de Barcelona seleciona um artista até à montagem e manutenção de exposições temporárias
: juízos práticos e conduta no caso de estudo da exposição temporária de Fina Miralles

  • Mafalda Silva Loureiro (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O projeto de estágio decorreu no Museu d’Art Contemporani de Barcelona, em Espanha, no âmbito do qual se acompanhou as problemáticas no dia-a-dia do museu. O trabalho de estágio incidiu na intervenção de conservação e restauro, sobretudo nas obras de pintura, da exposição Soc totes les que he sigut [Sou todas as que fui] da artista catalã Fina Miralles, cronologicamente datada entre 1973 e 2020. A intervenção prática enquadrou-se nos princípios do Código da Ética do conservador-restaurador, adotando se a intervenção mínima com respeito pelo original e em concordância com as indicações da artista. A intervenção permitiu devolver a leitura original à obra, restituindo a harmonia e o equilíbrio pretendidos. As problemáticas dominantes na exposição traduziram-se na necessidade de, em telas cruas sem preparação, adotar um tratamento de limpeza a seco, um método aquoso com gel de agar e um método por ação de impregnação, absorção e calor. Para além disso, a exposição permitiu entender a realidade da reprodução de uma obra artística, uma vez que em determinados casos foi necessário, substituir elementos originais devido ao seu estado de conservação. Desta forma, esta exposição revelou-se um exemplo de diversas problemáticas universais que pedem, indispensavelmente, critérios e ética de conservação e restauro.
Data do prémio4 mar 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria Aguiar (Supervisor) & Sílvia Noguer (Co-Orientador)

Keywords

  • MACBA
  • Arte contemporânea
  • Conservação e restauro
  • Pintura
  • Métodos de limpeza
  • Substituição de elementos originais
  • Reprodução de obras

Designação

  • Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais

Citação

'