Promoção do conforto em contexto de saúde da criança e do jovem

  • Raquel Filipa da Cruz Almeida (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente relatório insere-se no âmbito do Curso de Mestrado em Enfermagem na área de Especialização em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica da Universidade Católica Portuguesa e tem como principal objetivo a análise crítica e reflexiva do percurso para o desenvolvimento e aquisição de competências respetivas ao título de Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica. A temática desenvolvida – Promoção do Conforto na Saúde da criança e jovem –surgiu com fundamento na intervenção de enfermagem especializada à criança/jovem e família que tem como principal objetivo a promoção da saúde, o bem-estar, a prevenção de complicações e o autocuidado, em qualquer situação de cuidados de Enfermagem. O Conforto é um conceito multidimensional, indispensável para a manutenção e promoção do bem-estar revelando uma componente intrínseca aos cuidados de enfermagem.Desta forma, os enfermeiros devem identificar as necessidades de conforto das crianças/jovens que ainda não tenham sido satisfeitas e planear intervenções adequadas para as satisfazerem da melhor forma, assegurando uma prestação de cuidados integra.Com o objetivo de suportar a temática transversal ao ensino clínico foi utilizada a Teoria do Conforto de Kolcaba de forma a fundamentar as atividades desenvolvidas e realizada uma revisão scoping sobre as Intervenções Não Farmacológicas para o Alívio da Dor na Criança de forma a considerar aplicabilidade desta Teoria e a evidência científica recente.No decorrer do estágio, tendo em conta o objetivo geral definido e por forma a desenvolver as competências como EEESIP, em cada contexto, foi realizada uma análise do diagnóstico de situação e traçados objetivos específicos bem como atividades a desenvolver para o seu cumprimento.Na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais foi realizada uma reflexão que originou a publicação de um Poster científico submetido no III Seminário do Mestrado Em Enfermagem: Enfermagem Especializada: Protagonista no Presente Inovadora no Futuro,sobre a “A Situação Pandémica COVID-19 Vivida na UCIN - Ameaças ao Conforto Neonatal e Implicações Éticas”, além da prestação de cuidados ao recém-nascido e família. No Internamento de Pediatria, além da prestação de cuidados de enfermagem especializados à criança/jovem e família em situação de doença complexa, objetivou-se o desenvolvimento de competências como EEESIP no cuidar da criança/jovem e família no contexto de internamento de oncologia pediátrica através da sensibilização da equipa de enfermagem para as estratégias de comunicação e uma proposta ao serviço de restruturação de um espaço físico destinado a estes momentos.No contexto de Cuidados de Saúde Primários estipularam-se objetivos inerentes à promoção do conforto, tendo em conta a multiculturalidade, pelo que entre as atividades realizadas, foi elaborado um guia de promoção de conforto sociocultural, para pais, durante o primeiro ano de vida, em três idiomas: Português, Inglês e Bengali.Desta forma, este percurso permitiu o desenvolvimento e aquisição de conhecimentos e competências técnico-científicas, éticas, comunicacionais e relacionais,quer na dimensão de mestre em Enfermagem, quer no domínio da Enfermagem Especializada em Saúde Infantil e Pediátrica que sustenta uma prática profissional mais competente, atual e baseada na evidência.
Data do prémio16 dez 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorZaida Charepe (Supervisor)

Keywords

  • Conforto
  • Criança
  • Dor
  • Enfermagem
  • Família

Designação

  • Mestrado em Enfermagem

Citação

'