Propriedades mecânicas do polimetilmetacrilato como base protética
: resina convencional vs resina de impressão 3D : revisão sistemática

  • Cláudia Alexandra Mesquita Lourinho (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Introdução: Apesar da melhoria dos cuidados de higiene oral, o número de pacientes parcialmente desdentados continua a ser elevado. Assim, a reabilitação dos espaços edêntulos, com recurso à prótese parcial removível, é uma opção terapêutica viável. A sinergia entre a Medicina Dentária e a Informática potenciou o surgimento de novas tecnologias e o desenvolvimento de novos materiais para nelas serem utilizados. Neste sentido, torna-se fundamental e relevante o estudo destes materiais, particularmente, das suas características mecânicas. Assim, é objetivo deste estudo comparar as propriedades mecânicas das resinas para impressão 3D com as da resina convencional. Materiais e Métodos: Esta revisão sistemática teve por base as orientações PRISMA®. Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados PubMed/MEDLINE®, Web of Science – MEDLINE® e EMBASE®, até 30 de abril de 2022. A seleção dos estudos foi realizada por dois investigadores independentes. A qualidade dos estudos foi avaliada através da checklist do JBI para estudos quasi-experimentais (estudos experimentais não-randomizados) e a concordância entre investigadores foi determinada através do coeficiente de Kappa de Cohen. Foi realizada meta-análise para a resistência à flexão. Resultados: Após a pesquisa foram identificados 93 artigos. Foi analisado o título de 55 artigos. Destes, 12 foram analisados pelo resumo e 10 pela leitura integral, resultando num total de 8 artigos elegíveis para integrar esta revisão sistemática. A resina de impressão 3D apresenta, na maior parte dos estudos, valores mais baixos de resistência à flexão e dureza, comparativamente à resina termopolimerizável. No que concerne à resistência ao impacto, os estudos apontam para valores mais baixos no caso da resina termopolimerizável, relativamente à resina de impressão 3D. Conclusão: As resinas para impressão 3D são materiais viáveis para a confeção de bases protéticas, mas carecem de mais investigação clínica.
Data do prémio13 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPatrícia Fonseca (Supervisor) & Helena Cristina Morais Coelho Teixeira Salgado (Co-Orientador)

Keywords

  • PMMA
  • Propriedades mecânicas
  • Base protética
  • Resina de impressão 3D
  • Revisão sistemática

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'