Qualidade da informação nas PME's em Portugal
: um estudo empírico

  • Renato Miguel Oliveira Barbosa (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O objectivo deste trabalho é estudar a qualidade da informação nas pequenas e médias empresas em Portugal, a qual se apresenta directamente relacionada com o nível de manipulação de resultados. Foi necessário perceber o conceito de manipulação de resultados, encontrar as formas de manipulação mais usuais e, por fim, encontrar modelos de detecção para aplicar nas empresas alvo (micro, pequenas e médias). Deste modo, são utilizados dois modelos na detecção de manipulação de resultados: o modelo dos accruals de Dechow e Dichev (2002) e o modelo de distribuições de Burgsthaler e Dichev (1999). Ambos são implementados utilizando uma base de dados de cerca de 150 000 empresas portuguesas que se enquadram na definição de PME. No primeiro modelo recorremos a uma análise cross-section de modo a fazer face à falta de dados existentes em anos passados, especialmente anos anteriores a 2006. Os resultados encontrados estão em conformidade com os esperados, estando a dimensão da empresa negativamente correlacionada com o nível de manipulação de resultados. Concluímos então que existe uma relação contrária entre a dimensão das empresas e a sua qualidade de informação, sendo que, as médias empresas são as que apresentam o melhor nível e as micro o pior.
Data do prémio2015
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorRicardo Cunha (Supervisor) & Paulo Alves (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Finanças

Citação

'