Qualidade de vida em pacientes geriátricos portadores de prótese removível

  • Sarah Dias Fatmi (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Introdução: as próteses removíveis consistem no método de reabilitação oral mais utilizado até aos dias de hoje. No entanto, podem apresentar um impacto negativo na qualidade de vida dos pacientes geriátricos, podendo afetar funcionalmente, esteticamente e socialmente os indivíduos desta faixa etária.
Objetivos: avaliar o estado de saúde oral e respetivo impacto na qualidade de vida do paciente geriátrico portador de prótese removível. Materiais e Métodos: estudo observacional descritivo transversal com uma amostra constituída por 50 pacientes que frequentaram a Clínica Dentária Universitária da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa, em Viseu e 95 pacientes residentes nos lares do Distrito de Viseu. Para a recolha de dados foi utilizado um questionário que abrangia os aspetos sociodemográficos, a caracterização da saúde oral, bem como o Índice GOHAI e o Índice de Leake, seguido de um exame de observação intraoral para avaliação da estabilidade e retenção das próteses removíveis. Posteriormente foi realizada uma análise comparativa entre os dois grupos amostrais. Resultados: a idade média da amostra da Clínica Dentária Universitária foi de 73,06 anos enquanto que nos lares do Distrito de Viseu foi de 83 anos. Relativamente ao Índice GOHAI, 52%, ou seja, a maioria dos participantes da Clínica Universitária, possuía uma autoperceção “Moderada” da qualidade de vida relacionada com a saúde oral. Por outro lado, 47% dos participantes dos lares do Distrito de Viseu, possuíam uma autoperceção “Baixa” da qualidade de vida relacionada com a sua saúde oral. Quanto ao estado de saúde oral a maioria dos pacientes apresentavam próteses removíveis com retenção e estabilidade elevada. Conclusão: observou-se que apesar de a grande maioria dos pacientes geriátricos possuírem próteses removíveis estáveis e retentivas, estes apresentavam uma autoperceção da qualidade de vida relacionada com a saúde oral moderada ou baixa, o que influencia negativamente diversos aspetos do dia-a-dia desta população.
Data do prémio30 jul 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPatrícia Couto (Supervisor), André Ricardo Maia Correia (Co-Orientador) & Ana Silva (Co-Orientador)

Keywords

  • Pacientes geriátricos
  • Prótese removível
  • Qualidade de vida
  • GOHAI
  • Saúde oral

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'