Reabilitação de arcadas completas com prótese fixa implanto-suportada em zircónia monolítica
: uma revisão sistemática com meta-análise

  • Ludovico Maria Vozzo (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

INTRODUÇÃO: em reabilitações de arcadas completas com prótese fixa implanto-suportada, a utilização de zircónia monolítica parece apresentar diversas vantagens relacionadas com a função e estética. Contudo, a evidência científica publicada ainda é reduzida. O objetivo desta investigação foi analisar a evidência científica publicada sobre estas reabilitações, particularmente ao nível da taxa de sucesso/sobrevivência e complicações mecânicas e biológicas. MATERIAIS E MÉTODOS: foi efetuada uma revisão sistemática, com protocolo registado no PROSPERO. A pesquisa bibliográfica primária foi efetuada na PubMed® e Web of Science®, e complementada com a bibliografia dos artigos encontrados. Definiram-se critérios de inclusão e exclusão. Foi seguido o fluxograma PRISMA para seleção dos artigos. Para avaliação da qualidade dos estudos utilizaram-se as ferramentas disponibilizadas pela Joana Briggs Institute. Efetuou-se uma meta-análise realizada para a variável taxa de sobrevivência (%), aplicando o moderador contínuo específico, período de acompanhamento dos pacientes. Heterogeneidade dos dados (I2) avaliada com Forest Plot e Funnel plot. RESULTADOS: da pesquisa inicial obtiveram-se 327 referencias. Após eliminação dos duplicados e aplicação dos critérios de inclusão/exclusão na leitura dos títulos, resumos e texto integral, incluíram-se para análise 7 artigos. Todos os artigos incluídos foram do tipo observacional longitudinal retrospetivo, com um número de próteses efetuadas entre 7 e 2039. A média de idade dos pacientes reabilitados foi de 60 anos. A posição da prótese variou entre mandibular, maxilar ou bimaxilar, sempre com retenção aparafusada, com um número de implantes de 4 a 8. Tempo de follow-up médio: 49,7 meses. A percentagem de qualidade dos artigos foi superior a 70% e a heterogeneidade baixa (I2=28,64%). A taxa de sobrevivência média foi de 97,23%. CONCLUSÃO: num prazo médio de aproximadamente 4 anos, as reabilitações de arcada completa implanto-suportada em zircónia monolítica apresentam uma taxa de sobrevivência elevada e complicações mínimas.
Data do prémio20 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAndré Ricardo Maia Correia (Supervisor) & Luís Filipe Ribeiro de Azevedo (Co-Orientador)

Keywords

  • Edentulismo
  • Prótese fixa
  • Implantes
  • Cerâmica dentária
  • Zircónia monolítica
  • Sobrevivência
  • Complicações biológicas
  • Complicações mecânicas

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'