Relatório de estágio
: rumo à especialização

  • Susana Amélia da Cruz Martins (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Este relatório expõe o percurso desenvolvido durante o Estágio, no sentido da aquisição de competências para a especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica no âmbito do Curso de Mestrado em Enfermagem. Emprega como metodologia o método descritivo e analítico através da reflexão e descrição das atividades realizadas e encontra-se estruturado em quatro domínios de competências. O Estágio Compreendeu três Módulos realizados no Serviço de Urgência do Hospital Pedro Hispano - Módulo I, na Unidade de Cirurgia Cárdio-Torácica do Hospital São João – Módulo II e no Instituto Nacional de Emergência Médica – Módulo III e ocorreu entre 23/4/2012 a 2/2/2013. Após o contacto com as diferentes realidades, doente e família, tornou-se importante refletir sobre considerações éticas, aspetos da comunicação/família e a importância do seu envolvimento no cuidar, visando a humanização dos cuidados, os instrumentos de gestão e liderança dos serviços e qual o papel do enfermeiro especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Acrescenta-se ainda a relevância dos registos de enfermagem na continuidade de cuidados, a monitorização da dor e as medidas terapêuticas para o seu controlo, a importância de normas de atuação que permitam a uniformização/universalização das atitudes/cuidados dos profissionais, nomeadamente no que respeita às vias verdes de AVC/Trauma, sobre os cuidados específicos inerentes a doentes submetidos a transplante cardíaco. Foi ainda dada relevância à área da infeção associada aos cuidados de saúde, designadamente à Pneumonia Adquirida pelo Ventilador, como sendo uma área importante da atuação do enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. A ação nos diferentes contextos de estágio direcionou-se no sentido de ir ao encontro das necessidades identificadas e consideradas pelos serviços como pertinentes. Neste sentido, foram abordadas, em ações de formação, as atitudes ao cuidar do doente em agonia no Serviço de Urgência, o que permitiu compreender as particularidades inerentes à morte e aos cuidados paliativos, bem como reconhecer diretrizes relativas ao cuidar do doente em agonia e a transmissão de más notícias em contexto pré-hospitalar, conduzindo a uma consciencialização e apreensão sobre pormenores/indicações relativos à sua comunicação, assim como constatar que o enfermeiro em Enfermagem Médico-Cirúrgica não deverá adquirir apenas conhecimentos de âmbito técnico, mas também comunicacional. Foi abordada no módulo de estágio III a adesão ao regime terapêutico, identificada como necessidade formativa, após os registos de ativações realizadas, sendo esta uma das temáticas que mais desperta atenção junto dos profissionais do serviço, dando origem a reflexões por parte dos enfermeiros. A abordagem destas temáticas confrontou aspetos pertinentes, proporcionando momentos de introspeção sobre a prática dos cuidados de enfermagem observados e prestados e a identificação de limitações. O estágio permitiu, não só conhecer a área de atuação da emergência e pré-hospitalar onde a imprevisibilidade impera, mas também conhecer uma realidade de Cuidados Intensivos diferente, levando a repensar e refletir as práticas e o modo de atuação nesta área.
Data do prémio12 mar 2014
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorIrene Oliveira (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Enfermagem

Citação

'