Social and personal factors influencing the adoption of compulsive healthy eating behaviors
: the mediating role of body dissatisfaction

  • Maria Inês Bastos Lobato de Sousa (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O objetivo principal deste estudo é investigar o efeito de sete fatores sociais e pessoais, nomeadamente o uso do Instagram, o conteúdo de fitness e de alimentação saudável, a internalização, comparações sociais, traços de personalidade perfeccionista e obsessivo-compulsivo-compulsivo, sobre a insatisfação corporal e a Orthorexia Nervosa. No sentido de analisar o potencial papel cultural na adoção destes comportamentos, o estudo também discute as diferenças entre as sociedades portuguesas e brasileiras. O estudo foi desenvolvido com base num inquérito com uma amostra de 238 inquiridos (138 portugueses e 100 brasileiros) para testar o modelo proposto, utilizando a modelação de equações estruturais. A análise dos dados mostra que os principais fatores que influenciam a insatisfação corporal e a Orthorexia Nervosa são a interiorização dos ideais de beleza, comparações sociais (tanto ascendentes como descendentes) e o perfecionismo. A insatisfação corporal tem um efeito mediador no caminho, de um lado, da internalização, comparações ascendentes e descendentes, perfeccionismo e a Orthorexia Nervosa do outro. Como os resultados para Portugal e Brasil são idênticos, a cultura não parece ter um impacto substancial nos resultados para este modelo. Finalmente, a tese é concluída com a discussão e o fornecimento de implicações a nível de gestão.
Data do prémio28 mar 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorSusana Silva (Supervisor) & Maher Georges Elmashhara (Co-Orientador)

Keywords

  • Redes sociais
  • Marketing das redes sociais
  • Instagram
  • Alimentação saudável
  • Fitness e conteúdo saudável
  • Internalização
  • Comparações sociais
  • Perfecionismo
  • Obsessivo-compulsivo
  • Orthorexia nervosa

Designação

  • Mestrado em Gestão

Citação

'