Study of emotion in videogames
: understanding presence and behaviour

  • Jorge da Silva Antão (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Só quando um videojogo é lançado é que o podemos analisar e rever. Atualmente, encontramos plataformas para partilhar a nossa opinião acerca de um videojogo, ou parte dele, em qualquer lado, com comentários positivos e negativos a serem partilhados diariamente. No entanto, o que é que faz um jogo ser visto como uma experiência positiva e quais são os componentes que satisfazem e envolvem jogadores? Nesta Dissertação, pretendemos compreender como é que jogadores percecionam um videojogo e que emoções são despoletadas que os motiva a jogar. Iremos analisar diferentes conceitos que contribuem para o jogar de um videojogo. Começaremos por ver o que é a Interação e como é que o ser humano se comporta e age. Prosseguindo, iremos analisar o já bastante usado conceito de Imersão, e o seu desconhecido e menos reconhecido irmão, Presença. Daí iremos dividir o envolvimento com um videojogo em duas partes, no lado tecnológico, relacionado com interfaces naturais e mestria de controlos, e no lado de design e implementação de conteúdo, mais especificamente no conceito de Agência e a maneira como esta integra os jogadores no jogo.
Data do prémio13 dez 2021
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorSahra Kunz (Supervisor)

Keywords

  • Experiência de utilizador (UX)
  • Game design
  • Imersão
  • Presença
  • Interfaces naturais
  • Agência
  • Vídeo jogos

Designação

  • Mestrado em Som e Imagem

Citação

'