The absent players
: the impact of firms with no trading activity : estudo exploratório

  • Rafael dos Santos Borges Conceição (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O nosso estudo têm por objetivo analisar as diferenças que existem entre os níveis de transação em empresas que se encontram cotadas no mercado de capitais e perceber o motivo pelo qual permanecem cotadas, com recurso a uma nova medida que analisa a percentagem de dias em que não existe qualquer retorno, denominada por Zero-Return Metric. Utilizando uma base de dados de 2.502 empresas para o período entre 2004 a 2014 do principal índice acionista do Reino Unido, é apresentado uma mediana de 58,7% de dias em que não existe qualquer retorno. Partimos do pressuposto que as empresas pretendem aceder a esta estrutura de financiamento devido às vantagens que apresenta, contudo nem todas as empresas conseguem captar de igual forma os seus benefícios. Com base nisto, é possível observar diferenças significativas na visibilidade, nas necessidades de capital, no grau de concentração da estrutura acionista e na liquidez entre as empresas, o que pode explicar algumas diferenças no nível de transação. Como consequência, a taxa de sobrevivência deste tipo de empresas é bastante inferior, sendo um importante indicador do seu grau de desempenho. O nosso objetivo passa por apresentar um estudo compreensivo sobre este efeito, lançando as bases para um estudo mais aprofundado nesta área.
Data do prémio1 jul. 2015
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPaulo Alves (Supervisor)

Keywords

  • Taxa de sobrevivência

Designação

  • Mestrado em Finanças

Citação

'