The bank lending channel and industrial competition dynamics
: evidence from matched firm­bank data

  • Giovanni Minolfi (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Esta tese explora como os choques bancários afetam a dinâmica da concorrência entre empresas.Argumentamos que um choque bancário reduz a posição competitiva de uma empresa, favorecendo,em vez disso, seus rivais, que colhem benefícios do sofrimento da empresa. Usando dados combi nados de empresa-banco do registro de crédito português (2006-2017), mostramos que um choquebancário que atinge os concorrentes de uma empresa está associado a taxas de crescimento de cap ital, vendas e emprego mais elevadas para essa empresa. No entanto, esse impacto não é signi ficativo em um nível de 5%, sugerindo que o canal de competição industrial não é um mecanismosubstancial em nossa amostra completa. Em vez disso, encontramos efeitos significativos em umsubconjunto de empresas: i) empresas maiores e ii) empresas que operam em indústrias mais con centradas, que apresentam taxas de crescimento de vendas e emprego mais elevadas quando seusconcorrentes entram em dificuldades financeiras. Isso tem uma implicação importante: choques decrédito podem ter impactos distributivos entre empresas. Apresentamos evidências de que tanto a distribuição de crédito quanto de participação de mercado se tornaram cada vez mais concentradas durante a Grande Crise Financeira. Finalmente, embora não possamos fazer inferências em nível macroeconómico, a hipótese do canal de competição industrial sugerida por nossos resultados é consistente com o processo de realocação observado.
Data do prémio17 mai. 2023
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJoana Silva (Supervisor) & Diana Bonfim (Co-Orientador)

Keywords

  • Canal de empréstimos bancários
  • Concorrência industrial
  • Grande recessão

Designação

  • Mestrado em Economia

Citação

'