The effect of high-power nonverbal communication in the job interview for ex-prisoners

  • Raphael Vincent Beisel (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A reintegração de ex-prisioneiros na nossa sociedade sempre foi um desafio que não parece ter um responsável, mas sim muitos agentes que têm de desempenhar um papel activo na mesma. A complexidade da tarefa é enorme, e se olharmos para países que parecem ter mais sucesso na reintegração de ex-prisioneiros como os países escandinavos na Europa, por exemplo, é difícil replicar esse sistema num outro país que é fundamentalmente diferente. Parece que cada país tem a sua própria estratégia na forma de lidar com os indivíduos que cometem crimes. O objectivo desta tese é dirigido ao que acontece depois da prisão, quando os condenados são libertados, pois é do interesse de todos, que os ex-prisioneiros não reincidam e regressem à prisão. Um dos factores que parece prever a desistência dos ex-criminosos é encontrar um emprego estável, mas para obterem emprego, os ex-reclusos têm de passar por uma entrevista de emprego, que muitos nunca tiveram em toda a sua vida. Além disso, os ex-reclusos são sujeitos a discriminação e estigmatização constantes, o que certamente não ajuda a causa. Como a investigação demonstra, o comportamento não-verbal é um elemento muito importante para um resultado bem-sucedido da entrevista de em-prego. Esta tese irá examinar, através de um estudo experimental, que tipo de comunicação não verbal é mais suscetível de conseguir que ex-prisioneiros sejam contratados.
Data do prémio27 abr. 2021
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorFilipa de Almeida (Supervisor)

Keywords

  • Ex-prisioneiros
  • Reincidência
  • Comunicação não-verbal
  • Entrevista de emprego
  • Reintegração de prisioneiros

Designação

  • Mestrado em Gestão e Administração de Empresas

Citação

'