The fama and french six-factor model
: evidence for the german market

  • Daniel Georg Novak (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Nas últimas décadas, os modelos de Fama e French têm influenciado a investigação sobre a precificação de ativos como nenhuma outra abordagem (Fama e French 1993; 2015; 2018). Na procura de padrões que tendem a explicar o desempenho de ações, investidores e teóricos financeiros investigam continuamente estes modelos de três, cinco, e seis fatores e os seus fatores individuais em diferentes mercados.Nos seus artigos, Fama e French desenvolveram os modelos durante vários anos baseado em dados com início em julho de 1963 do mercado dos EUA. Além das melhorias, foram desenvolvidos estudos sobre a validade e robustez dos modelos em outros mercados. No entanto, mesmo com o aumento do conhecimento sobre a evidência internacional dos mo-delos, uma investigação substancial sobre o mercado alemão ainda não foi feita.O presente trabalho analisa o poder explicativo do Modelo de Seis Fatores de Fama-French (FF6) no retorno médio de ações na Alemanha. Consequentemente, recolho os dados da Thomson Reuters Datastream e Worldscope para o período entre julho de 1982 e junho de 2021 e desenvolvo os portfólios de fatores respeitando os critérios definidos por Fama e French. A avaliação mostra uma tendência de desempenho superior do FF6 relativamente aos modelos anteriores, de três e cinco fatores. Enquanto grandes ações parecem gerar melhores resultados que pequenas ações, há indícios de retornos significativos para a estratégia de valor e a de momentum no mercado alemão. Entretanto, os resultados revelam pouca evidência de que o FF6 consiga explicar os retornos médios de ações na Alemanha.
Data do prémio2 fev. 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPedro Barroso (Supervisor)

Keywords

  • Precificação de ativos
  • Fama e French
  • Modelo de seis fatores
  • Portfólios de ações
  • Alemanha

Designação

  • Mestrado em Finanças

Citação

'