The future of work
: the impact of artificial intelligence on the well­being of white­collar employees

  • Jill Lais Corsato Owsianka (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Dada a tendência ascendente na automatização, tal como se vê a nível mecânico nas fábricas, prevê ­se que a próxima fase envolverá inteligência artificial trabalhando em conjunto com empregados humanos dentro do ambiente do escritório. Esta investigação irá explorar como estes cenários futuros previstos de empregados de colarinho branco humanos que trabalham em conjunto com agentes de inteligência artificial têm impacto no seu bem­estar. Esta investigação segue uma abordagem experimental em que os participantes são expostos a dois cenários diferentes manipulando a variável independente: trabalhar com e sem um membro da equipa de inteligência artificial e medir o bem­estar dos participantes. Os resultados do estudo indicam que não há diferença significativa entre os dois grupos. A implementação da inteligência artificial como um novo colega de trabalho não afecta o bem­estar do empregado significativamente diferente de um novo colega de trabalho humano. Além disso, as atitudes em relação à IA não medeiam a relação entre o tipo de colega de trabalho e o bem­estar dos participantes.
Data do prémio11 mai. 2023
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorFilipa de Almeida (Supervisor)

Keywords

  • Funcionários de colarinho branco
  • Bem­estar
  • Inteligência artificial
  • Ambiente de trabalho

Designação

  • Mestrado em Gestão

Citação

'