The impact of influence marketing and social advertising on the consumer conversion rate
: the case of Mercadão

  • Ana Cristina Sousa Patrício (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Num mundo cada vez mais digital, as redes sociais deixaram de ser apenas um elemento social importante para manter relações à distância de um clique, mas tornaram-se numa fonte de informação, de comunicação de marcas e de atração de novos clientes. As redes sociais mudaram significativamente a forma como as empresas atingem, comunicam e competem no mercado, criando uma nova visão em relação a estas plataformas. A revisão de literatura leva à conclusão de que o digital é uma forma de as marcas estarem mais perto dos seus públicos-alvo. Por isso são desenvolvidas várias estratégias digitais ao longo das diferentes etapas de contacto com o cliente, para potenciar essas relações e consequentemente aumentar a taxa de conversão, como é o caso do Marketing de Influência (ou Influence Marketing) e Social Ads Marketing. Segundo estudos realizados, o marketing de influência é uma estratégia com baixo custo de investimento e com grande retorno, o que faz com que as empresas tenham cada vez mais interesse. No entanto, não há vasta e rica literatura que comprove que comparativamente com outras técnicas, como social ads, esta seja a mais eficaz para conversão. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo aprofundar o impacto de campanhas de influência comparativamente a social ads, para perceber em que técnica pode compensar mais investir. Este estudo visa responder a duas questões, nomeadamente: A presença de um influenciador (ou influencer) faz a diferença na taxa de conversão numa campanha de retalho? As campanhas de Social Ads Marketing aumentam a taxa de conversão do cliente, quando comparadas com as campanhas de Influence Marketing? Para responder a estas questões foi realizada uma investigação-ação na empresa Fonte Online através da marca Mercadão, em que a investigadora e participante no lançamento de campanhas de marketing recorreu à comparação de dados obtidos de diferentes campanhas com diferentes investimentos, para tentar dar respostas às questões. Este trabalho conclui que a crença comum nas vantagens do uso de influencers para campanhas que pretendam bons resultados nas taxas de conversão com um baixo investimento, necessita de ser reavaliada por parte das empresas. Existem outras estratégias digitais, como os anúncios patrocinados, que podem eventualmente alcançar mais facilmente o objetivo de aumento da taxa de conversão numa campanha de retalho, com um menor investimento. O poder do digital é dinâmico, mas estar online é sinónimo de existência, por isso é crítico estar atualizado e acompanhar as tendências e os seus impactos.
Data do prémio11 jul. 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAna Lourenço (Supervisor)

Keywords

  • Digital
  • Marketing de influência
  • Anúncios patrocinados

Designação

  • Mestrado em Marketing

Citação

'