Todos os sítios
: fragmentos de uma paisagem próxima

  • André da Costa Castanho Correia (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Todos os sítios é um exercício de reflexão teórica e empírica sobre as condições da representação fotográfica da paisagem contemporânea. Partindo de fotografias realizadas na cidade de Braga entre 2018 e 2019, a tese propõe a construção de um mapa alegórico e cognitivo de condições determinadas da paisagem contemporânea. Por sua vez, o argumento escrito procura informar as fotografias com um processo de cruzamento dos distintos paradigmas visuais que as fundamentam e com uma arqueologia dos processos históricos e historiográficas de sustentam esses paradigmas. Assumindo uma postura dialética e materialista em relação à Paisagem, as fotografias realizadas apresentam-se com um discurso crítico e, por isso, como parte do processo cultural de construção de Paisagem. Isto diverge de uma visão mais convencional da Paisagem: aquela que coloca no seu reconhecimento alguns equívocos e preconceitos, nomeadamente aqueles que a relacionam com o sublime, com o vasto ou do distante, mas também com um suposto valor transcendental da Natureza. A partir de todos os sítios, a ideia de Paisagem, constrói-se por fragmentos visuais que derivam de uma postura de proximidade física e justeza material no contacto com os lugares. As fotografias têm, por isso, a dupla função de documentos e de representações artísticas, servindo o propósito de se desenvolver a partir de dentro dos assuntos da Paisagem, permitindo o contacto entre aspetos do mundo real e do mundo representável, nas suas distintas dimensões: físicas, mentais e sociais.
Data do prémio3 dez. 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPaulo Catrica (Supervisor) & Carlos Lobo (Co-Orientador)

Keywords

  • Fotografia
  • Sítios
  • Paisagem
  • Documental
  • Contemporaneidade

Designação

  • Mestrado em Fotografia

Citação

'