Turnover in a private hospital
: an analysis based on the exit interview

  • Mariana Themudo Campos Barbosa Figueiredo (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O principal objetivo desta dissertação é descobrir e compreender as razões pelas quais os prestadores de serviços de saúde, em particular os trabalhadores de um hospital privado em Portugal, abandonam os seus postos de trabalho. Para tal, e para uma melhor compreensão da rotatividade e das suas razões, foram abordados numa primeira fase da revisão da literatura temas como a satisfação no trabalho e o compromisso organizacional. Desta forma, foram analisadas 154 entrevistas de saída de uma fração do número total de trabalhadores que deixaram a organização em 2020 e 2021. A partir dos resultados obtidos, concluiu-se que os três principais motivos de saída foram o salário, a liderança e a localização geográfica, sendo os dois primeiros fatores organizacionais da satisfação no trabalho. Conclui-se também que o perfil desses ex-trabalhadores, na sua maioria, pertence a faixas etárias abaixo de 40 anos e que estão na empresa há 1 ano ou menos. Apesar de serem os fatores individuais da satisfação no trabalho que influenciam a rotatividade efetiva, conclui-se nesta investigação que eles não têm influência significativa sobre os motivos pelos quais os trabalhadores deixaram a organização. Os resultados são discutidos à luz da literatura. Por fim, são apresentadas sugestões de práticas de gestão, especialmente do departamento de gestão de recursos humanos em organizações de serviços de saúde, particularmente neste hospital privado. Algumas limitações do estudo são expostas no final deste projeto.
Data do prémio19 out. 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorEva Dias de Oliveira (Supervisor)

Keywords

  • Rotatividade
  • Rotatividade efetiva
  • Satisfação no trabalho
  • Compromisso organizacional
  • Entrevistas de saída

Designação

  • Mestrado em Economia Empresarial

Citação

'